Domingo , 15 Setembro 2019

Policial Militar mata cachorro com três tiros após se irritar com latidos

Um soldado da polícia militar matou o cachorro de sua vizinha com três tiros, na noite desta terça-feira (13), no bairro da Cabanagem. O Boxer de nome Hulk, passeava com um de seus donos, um adolescente de 14 anos, quando latiu, o que teria irritado o militar.

A promotora de vendas, Aline do Socorro Pinto, de 36 anos, dona do animal, está revoltada. Ela mora há 20 anos no local, na Alameda Francisco Moraes, e registrou um boletim de ocorrência contra o PM Enildo Elídio.

O militar disparou contra o cachorro, de dentro do pátio da casa dele, por ter ficado irritado ao ouvir Hulk latindo em frente à residência, estranhando o seu próprio cão de estimação, que estava próximo ao portão. O soldado, que segundo informações da vizinhança ingressou em 2018 na PM, deve responder pelos crimes contra o meio ambiente e maus tratos contra animais com resultado de morte.

“Ele foi desumano. Como ele faz isso? Ele tem duas crianças pequenas, uma bebê inclusive e mata meu cachorro por nada. É normal um cachorro estranhar o outro. O Hullk não entrou na casa dele, passeava com meu filho e só latiu quando viu o outro cão dentro do pátio. Aí o soldado veio deu o primeiro tiro no Hulk sem ao menos mandar meu filho recuar, depois deu o segundo e depois o terceiro tiro”, contou a mulher bastante comovida com a extrema violência.

A Redação Integrada de OLiberal entrou em contato com a assessoria de comunicação da Polícia Militar do Pará e aguarda posicionamento da Instituição sobre o caso.

Fonte: O Liberal (Texto e Foto)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*