Segunda-feira , 14 Outubro 2019

Homem que agrediu cachorro diz que queria proteger o filho

Após se entregar à Polícia Civil, nesta terça-feira (30), Alan Gonzaga, acusado de agredir covardemente a pauladas um cachorro, apresentou sua versão do crime em entrevista à RBATV. Ele afirma que o animal iria morder seu filho e se diz arrependido do crime.

“A minha justificativa é que ele tentou avançar no meu filho. Meu filho estava brincando na rua com o carrinho e no momento em que meu filho atravessa para o outro lado do carro o cachorro vem latindo em direção a ele. Se eu não grito, ele tinha mordido meu filho. Foi então que eu puxei meu filho para dentro de casa e peguei o pau e bati nele”, afirmou Alan Gonzaga.

Questionado se arrepende da crueldade, ele afirma: “Eu me arrependo dessa agressão, poderia ter resolvido de outra forma, mas que a gente só descobre depois do ato cometido”. Ele completa dizendo que “o animal (agredido) corre atrás de pessoas que passam de bicicleta e que já mordeu a filha do meu vizinho”. Nenhum vizinho até o momento, no entanto, confirmou a afirmação do agressor.

O caso ganhou repercussão após as imagens da câmera de segurança de uma residência mostrar o momento em que o animal é covardemente a pauladas pelo homem.

O acusado está na Divisão Especializada em Meio Ambiente (DEMA) para procedimentos cabíveis.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*